Adsense

Mourão vai ao RS para sepultamento do general Geraldo Miotto, morto pela Covid-19

Por Agnaldo Santos e Herick Rios em 21/01/2021 às 10:43:32
Ex-comandante do Comando Militar do Sul morreu na quarta, aos 65 anos. Velório e enterro vão ocorrer em São Marcos, na serra gaúcha. Corpo do general Geraldo Miotto sendo levado até a capela onde ocorrerá o velório

Vitória Lovat/RBS TV

O vice-presidente da República Hamilton Mourão está se deslocando para o Rio Grande do Sul para o velório e sepultamento do general do Exército Geraldo Antonio Miotto, ex-comandante do Comando Militar do Sul, que morreu na quarta-feira (20), aos 65 anos, em decorrência da Covid-19.

A previsão é de que Mourão desembarque no aeroporto de Caxias do Sul por volta das 11h20 e se desloque de carro até São Marcos, onde ocorrerá o velório e, na sequência, o sepultamento no Cemitério Público Municipal da cidade.

Miotto estava hospitalizado desde o dia 1° de dezembro de 2020. Ele faleceu por volta das 18h30 de quarta, no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA).

O Comando Militar do Sul (CMS) informou que, devido à necessidade de maiores cuidados, Miotto deu entrada no Hospital Militar de Área de Porto Alegre e foi encaminhado ao Hospital de Aeronáutica de Canoas três dias depois, para melhor suporte no acompanhamento do quadro clínico.

Depois, foi transferido para o HCPA, hospital referência para o tratamento da Covid-19 no estado.

Miotto nasceu em 20 de março de 1955, em São Marcos, na serra gaúcha. O general ingressou no Exército Brasileiro em 28 de fevereiro de 1972, na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, em Campinas, em São Paulo.

Em 1975, seguiu para a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) onde, em 14 de dezembro de 1978, foi declarado Aspirante-a-Oficial da Arma de Cavalaria, sendo o primeiro colocado de sua turma e recebendo a Medalha Marechal Hermes de bronze.

Como membro do Alto Comando do Exército, ocupou os cargos de Comandante Militar da Amazônia, entre 2016 e 2018, e comandante militar do Sul até abril do ano passado, quando passou o comando para o general Valério Stumpf Trindade e foi para a reserva.

VÍDEOS: Bom Dia Rio Grande

Fonte: G1

Comunicar erro

Comentários

Adsense