Adsense

Câmeras flagram arrombamentos e assaltos em bairro de Salvador e moradores relatam medo: 'Cara chegou com uma pistola'

Por Agnaldo Santos e Herick Rios em 02/03/2021 às 16:32:26

Os moradores do Barbalho, em Salvador, denunciam os constantes casos de violência no bairro. Várias casas e estabelecimentos da região já foram arrombados e assaltados. Por causa da insegurança, alguns moradores instalaram câmeras de segurança para registrar as ações.

Morador do bairro, o fotografo Osvaldo Lopes relata que foi sequestrado e levado pelos suspeitos no próprio carro por duas vezes. Em ambos os casos, o sequestrou aconteceu quando ele estava em frente a casa onde mora.

"A primeira vez foi em 2011. Estava voltando de um serviço fotográfico e dois meliantes me pegaram de supressa, levaram meus equipamentos e me obrigaram e entrar com eles dentro do carro. A segunda vez foi em 2018, as 18h. O cara chegou com uma pistola, me tomou de assalto e me levou também", conta Osvaldo.

Em um dos vídeos gravados pelas câmeras, um homem tenta quebrar o portão de uma casa. Ele empurra a grade do portão e para quando uma mulher passa no local. Por outro ângulo, dá para ver que ele volta a empurrar a grade até que consegue entrar na casa. Um minuto depois, ele sai da residência, fecha o portão como se fosse um morador e leva celulares que estavam no imóvel.

A Polícia Militar informou que o policiamento no Barbalho é feito por meio de rondas e que as equipes ficam posicionadas em locais estratégicos, de acordo com a mancha criminal, para realizar abordagens preventivas. Acrescenta ainda que o cidadão deve registra ocorrência nas delegacias.

A Polícia Civil disse que os dados da quantidade de ocorrências registradas no bairro devem ser solicitadas a SSP-BA. Porém, até o momento, a SSP-BA não deu retorno.

Moradores relatam constantes casos de violência no bairro do Barbalho, em Salvador.

Reprodução / TV Bahia

Apesar da PM informar que realiza policiamento na região, os moradores contam que os casos de roubos, furtos e assaltos acontecem em vários horários do dia. “Agora não tem mais critério de horário. Na luz do dia nove, dez da manhã. Seis horas da manhã, quando as pessoas estão saindo para o trabalho”, conta Ivete Costa, moradora do bairro.

Em outro vídeo, um homem entra armado em uma farmácia. Ele mostra a arma por baixo da camisa e obriga clientes e funcionários a entrar numa sala. Depois, um dos funcionários recolhe o dinheiro dos caixas. Em uma outra imagem, registrada por uma câmera na parte externa do estabelecimento, um homem aparece armado. Ele entra na farmácia, fala com o comparsa e ameaça as vítimas. Logo em seguida, os dois fogem do local.

Por medo, uma moradora prefere não se identificar. Ela conta que o bairro não é um lugar seguro. "A gente precisa que a segurança olhe novamente para o nosso bairro. A gente precisa ter segurança, precisa ter policiamento", desabafa a moradora.

As imagens gravadas foram entregues à polícia para iniciar uma investigação sobre os crimes. Além das câmeras, os moradores também instalaram grades nas portas das residências, para tentar diminuir os arrombamentos.

Por causa da violência, uma outra moradora, Suria Seixas, disse que pensar em mudar de bairro. "Por mais pacata que seja uma comunidade, ela não está sendo assistida. Todos temos famílias, filhos. A gente quer viver, a gente que proteção e paz", disse.

Moradores instalaram câmera de segurança para registrar as ações de violência no Barbalho, em Salvador.

Reprodução / TV Bahia

Confira mais notícias do estado no G1 Bahia.

Assista ao vídeos do G1 Bahia e da TV Bahia

Fonte: G1

Comunicar erro

Comentários

Adsense